.news

Keep in moovement

Influenciadores: conheça os tipos e as características de cada categoria

O mundo mudou muito com a chegada da tecnologia e, uma das principais transformações é no que diz respeito à influência. Atualmente, os comerciais de rádio, televisão e revista não têm mais tanta efetividade para o consumidor, pois o que está em alta são os diferentes tipos de influenciadores.

Os influenciadores são pessoas que têm um público fiel, que engajam os conteúdos produzidos e, mais do que isso, que compram as ideias. Ou seja, se um influenciador fala sobre um determinado produto, a taxa de conversão pode ser muito alta dependendo do contato e da relevância com o público dele.

Isso quer dizer que o papel do influenciador hoje em dia vai muito além de levar entretenimento ou opiniões. Ele é responsável por grande parte das decisões de consumo. Segundo um estudo realizado pela empresa Spark em parceria com o Instituto QualiBest, mais de 75% dos consumidores já compraram algum serviço ou produto indicado por um influencer.

Já o relatório feito pelo Think With Google mostrou que 70% dos adolescentes se identificam mais com influencers do Youtube do que com celebridades vindas de outros meios, como as da TV. Além disso, 6 a cada 10 afirmam que tomariam uma decisão de compra baseada no youtuber preferido. 

Os dados provam que os influenciadores estão cada vez mais poderosos e são uma ótima ferramenta de marketing. Mas, para encontrar o ideal para o planejamento de cada empresa, é preciso conhecer as especificidades e as indicações de cada um.

Influenciadores de grande alcance

Também conhecidos como celebridades, esses perfis são pessoas com um alto número de seguidores, poder de alcance grande, porém não são muito nichados, tornando a relevância baixa.

De modo geral, eles compartilham ideias e opiniões sobre assuntos diversos e de forma genérica. Pensando em marketing de influência, esse perfil é ideal para marcas que querem se tornar conhecidas, para fazer branding. Por outro lado, para finalidades como conversão, eles não são os perfis mais indicados.

Criadores de conteúdo (creators)

Estes são conhecidos por gerarem conteúdo de qualidade. Ou seja, além de mostrarem a vida e a rotina na internet, eles produzem materiais que são relevantes para o público em questão.

Os creators costumam ter contato direto com a audiência, tornando-se mais próximos do público. Além disso, conseguem propor conteúdos com mais criatividade e naturalidade sobre as marcas, sendo uma ponte entre o produto e o público.

Esse tipo de influenciador é comum em projetos que gerem conversão e costumam ser bem focados em nichos específicos, como os de beleza, fit e produtos digitais, por exemplo.

Menos alcance e mais influência (KOL)

KOL é a sigla para Key Opinion Leaders, que são os formadores de opinião da internet. Eles são conhecidos por serem pessoas com credibilidade sobre o assunto abordado e, por isso, têm impacto direto na opinião dos indivíduos, inclusive em momentos de compra.

Segundo um estudo feito pela Nielsen, os influenciadores KOL são considerados confiáveis e mais de 90% dos entrevistados acreditam quando eles fazem uma propaganda sobre determinado produto, pois soa verdadeiro e natural.

Em geral, os KOL são profissionais na área em que influenciam, como médicos, farmacêuticos, economistas, jornalistas e pesquisadores, por exemplo. São pessoas que entendem do assunto e têm propriedade e embasamento para falar sobre ele.

Para ações de marketing que buscam aumentar a credibilidade da empresa ou ampliar a conversão em vendas de um determinado produto, os KOL podem ser uma boa ferramenta, pelo alto poder de autoridade que eles possuem.

Curadores de conteúdo

Esses profissionais são os que fazem a pesquisa, seleção e compartilhamento dos materiais mais relevantes e importantes para o público. Ou seja, fazem uma verdadeira curadoria do conteúdo.

Os curadores podem disponibilizar os materiais pelas redes sociais e até mesmo por newsletters. Eles são uma ótima forma de complementar a estratégia de conteúdo e marketing das marcas, pois ajudam na geração de valor, através do contato direto e da credibilidade com o público, por estarem sempre em busca de informações relevantes.

Influenciadores internos 

Estes são os que têm influência dentro das organizações. Ou seja, têm a capacidade de se relacionarem bem com todos os colaboradores e serem porta-vozes das informações importantes da empresa. 

São considerados líderes informais na companhia e, geralmente, ocupam posições de gestores, pois conseguem formar opiniões e influenciar os colegas. 

Entender os tipos de influenciadores é fundamental para saber qual o melhor para sua tática de marketing. Conheça sua empresa, seu produto e faça uma pesquisa profunda sobre os perfis de influência para montar sua estratégia de comunicação.